06/12/2019 – A matéria adiante, faz refletir sobre alguns desafios, quando se pensa com seriedade em desenvolvimento econômico.

1- O petróleo é a principal riqueza da Arábia Saudita
2- Sua produção nacional faz daquele país o segundo maior produtor mundial de petróleo, segundo a Energy: Top           Oil Producing Countries in the World for 2018 (source: EIA)
3- A Saudi Aramco é uma empresa estatal
4- No último dia 02, o litro da gasolina custou US$ 0,55 ou R$ 2,288. Esse preço está inalterado desde o dia 21 de outubro deste ano, segundo a Global Prices. No mesmo dia 02 e segundo a mesma fonte, o litro da gasolina no Brasil – que figura entre os dez maiores produtores de petróleo – custava R$ 4,316.

No Brasil, como se sabe, a Petrobras já vendeu a Liquigás, entre vários outros ativos,  e está em curso a privatização de oito de suas refinarias.

Vamos à matéria publicada no site Poder 360, que, por sua vez, cita como origem o jornal saudita Arab  News:

“A estatal de petróleo Saudi Aramco levantou nessa 5ª feira (5.dez.2019) US$ 25,6 bilhões na maior oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) já feita no planeta. Ao todo, foram vendidas 3 bilhões de ações, o que corresponde a 1,5% do capital da empresa.
O dinheiro arrecadado superou o recorde da gigante chinesa do comércio eletrônico Alibaba, que levantou US$ 25 bilhões em seu IPO em 2014.
A Saudi Aramco colocou os papéis ao preço de 32 rials (US$ 8,53) cada. Isso dará à companhia 1 valor de mercado de US$ 1,7 trilhão quando as ações começarem a ser negociadas em bolsa. Mesmo assim, a oferta ficou abaixo da avaliação de US$ 2 trilhões almejada pelo príncipe saudita Mohammed bin Salman.
A petrolífera estatal é a empresa mais lucrativa do mundo. O resultado líquido de 2018 foi de US$ 111,1 bilhões. Isso corresponde à soma do obtido pelas gigantes Apple, Google (Alphabet) e Exxon Mobil”.

 

 

 

 

Saudi Aramco levanta US$ 25,6 bilhões no maior IPO de todos os tempos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *