01/10/2021 – Em Webinar realizado no dia de ontem, quinta-feira, 30, promovido pelo Sindigás (Sindicato das Distribuidoras de Gás), com o apoio do jornal “O Estado de São Paulo” e do IBP (Instituto Brasileiro do Petróleo), ficou visto e bem fundamentada a importância da marca como garantia de segurança e qualidade no mercado de combustíveis líquidos e de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo).

Ao abrir o debate, o professor do grupo de economia e energia da UFRJ, Helder Queiroz, afirmou que cada combustível possui uma estrutura de mercado distinta para sua distribuição e a marca é um reflexo de um processo concorrencial resultante de uma série de investimentos e tentativas de diferenciação. O acadêmico também chamou a atenção para o papel da ANP na regulação dos combustíveis. “As ações da ANP garantem qualidade e segurança no abastecimento, além de zelarem para que não haja adulteração dos combustíveis. Portanto, o papel da Agência não é monitorar preços, pois já existe liberdade de formação de preços praticados pelas empresas”, explicou Queiroz.

Participaram ainda do evento, acompanhado também pela ES Petro, o Superintendente Defesa da Concorrência da ANP, Bruno Caselli, o Professor de direito comercial da USP e advogado, Vinícius Marques, e o advogado e professor da UFRGS, Bruno Miragem.

A iniciativa do debate é oportuna, sabendo-se que o governo federal, sob o falso pretexto de aumentar a concorrência e baratear preços, pretende, como determina a Medida Provisória 1.063, de 11/08/2021, desconhecer o instituto da fidelidade á bandeira.

A gravação do debate está disponível no canal do Estadão no Youtube, confira:  https://www.youtube.com/watch?v=BNuUZuhiYTE

A marca faz diferença

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *