19/02/2021 (18h40) – As ações da  Petrobras fecharam em forte queda nesta sexta-feira, liderando as perdas do Ibovespa (IBOV), com a repercussão a ameaças verbalizadas na véspera pelo presidente Jair Bolsonaro diante dos sucessivos reajustes de preços praticados pela petrolífera.

Com isso, a ação preferencial (PETR4) da Petrobras despencou 6,63%, a R$ 27,33, enquanto o papel ordinário (PETR3) recuou 7,92%, a R$ 27,10. O Ibovespa perdeu 0,64%, a 118.430,53 pontos.

Fonte: Money Times

19/02/2021 (15h) – As ações da Petrobras registram forte queda nesta 6ª feira (19.fev.2021). As ações ordinárias (PETR3) caíam 7,58% às 14h35. Já as ações preferenciais (PETR4) acumulavam queda de 6,15% no mesmo horário.

A movimentação é consequência das declarações do presidente Jair Bolsonaro nesta 5ª feira (18.fev), que reagiu ao anúncio do 2º reajuste no preço dos combustíveis este mês. Além de decidir remover impostos federais que incidem sobre o diesel durante 60 dias, Bolsonaro disse que “alguma coisa vai acontecer na Petrobras nos próximos dias”.

Fonte: Poder 360

Ações da Petrobras tem forte queda depois de declarações de Bolsonaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *