O consumidor terá mais pressão sobre os preços da gasolina nos próximos dias. Arbitrado pela Secretaria da Fazenda, o PMPF – também conhecido como preço pauta –  teve um aumento no Rio Grande do Sul de 1,1%, passando de R$ 4,7854 para R$ 4,8369 na primeira quinzena de junho.

Este é o maior valor do PMPF desde o vigente na segunda quinzena de novembro do ano passado, quando foi fixado em R$ 4,9931.

Os Estados do Paraná e de Santa Catarina continuarão cobrando menos ICMS sobre o combustível, da ordem de R$ 4,2900. Além do que, a alíquota nos dois Estados é inferior à cobrada no Rio Grande do Sul: 25% em Santa Catarina, 30% no Paraná e 30% no RS.

Por ai é possível entender porque o consumidor dos pampas paga mais pelo litro da gasolina do que os outros dois Estados da região sul do Brasil. Segundo pesquisa da ANP, entre 19 e 25/05, o preço médio da gasolina ficou em R$ 4,797 no RS contra R$ 4,286 em Santa Catarina e R$ 4,360 no Paraná.

Ao posto de combustíveis restará não repassar o aumento do ICMS, reduzindo a rentabilidade do estabelecimento, ou aumentar o preço final ao consumidor.

ICMS dos combustíveis segue em alta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *