01/07/2020 – A pandemia provocada pelo novo coronavírus fez com que diversas medidas de prevenção fossem incorporadas ao nosso dia a dia. Fundamentais para reduzir a disseminação da doença, esses cuidados devem ser observados sobretudo nos ambientes de trabalho.

Você, que administra um posto de combustíveis, sabe quais são as melhores práticas para evitar o contágio entre os funcionários? Observar as recomendações das autoridades competentes e da Organização Mundial da Saúde (OMS) pode fazer toda a diferença na gestão desse momento tão delicado.

Confira ao longo deste post dicas para superar esse período zelando pela saúde de seus colaboradores.

Aposte em uma boa comunicação interna

Dentro de uma empresa, a comunicação interna sempre foi uma importante ferramenta para promover as estratégias e as políticas da organização. Nos tempos atuais, esse recurso se torna também um aliado na divulgação das medidas adotadas para aumentar a segurança durante a pandemia.

Uma estratégia eficaz de comunicação deve atingir todos os funcionários, transmitindo informações claras e objetivas sobre os cuidados que são indispensáveis nesse momento. O objetivo é alcançar a adesão completa da equipe e transformar o local de trabalho em um ambiente livre de contaminação pelo novo coronavírus.

Disponibilize os EPIs necessários

De acordo com a OMS, o uso de equipamentos de proteção individual é imprescindível para reduzir a disseminação do vírus causador da Covid-19. Essa medida é ainda mais importante para os trabalhadores de postos de combustíveis, que prestam um serviço essencial e estão em contato direto com os consumidores. Por isso, o ideal é que a própria empresa disponibilize esses materiais para o uso dos funcionários.

Um dos EPIs mais importantes nesse momento são as máscaras de proteção, que podem ser descartáveis ou reutilizáveis. O importante é conscientizar os funcionários sobre a forma adequada de utilizá-las, a fim de restringir ao máximo a transmissão da doença nas atividades diárias.

As máscaras de acrílico também são boas opções para oferecer proteção adicional aos colaboradores. Elas protegem boa parte da área da frente do rosto, mas são abertas na parte inferior. Assim, o ideal é que elas sejam utilizadas em conjunto com as máscaras tradicionais.

Forneça materiais de higiene

A higienização das mãos é uma prática que passamos a realizar com mais frequência nesse período de enfrentamento ao coronavírus. Por isso, é fundamental que os trabalhadores tenham à disposição os materiais necessários para tomarem esse cuidado.

O sabão é o mais importante, pois utilizá-lo na hora de lavar as mãos é a forma mais eficiente de mantê-las protegidas. Para os momentos em que isso não for possível, o álcool em gel é uma boa alternativa para a desinfecção. A limpeza das estações de trabalho também deve ser reforçada, utilizando álcool 70º, que não pode faltar no estoque nesses dias.

Alerte sobre os riscos fora do local de trabalho

Para que os esforços adotados durante o expediente não sejam em vão, todos devem continuar a seguir as medidas preventivas também em outros ambientes. Uma boa ideia é instruir a respeito das medidas que devem ser adotadas ao chegar em casa, importantes para evitar o contágio dos familiares.

Não se esqueça de que o trajeto entre a casa e o trabalho também pode representar riscos, especialmente para aqueles que utilizam o transporte público. Então, vale recomendar o uso dos equipamentos de proteção durante todo o tempo, observando as recomendações de distanciamento social sempre que possível.

Sem dúvidas, o período que vivemos atualmente é muito desafiador em diversos aspectos. Por isso, cabe aos gestores proporcionar as condições adequadas para que seus funcionários tenham a tranquilidade necessária para continuarem a atingir bons resultados sem descuidar da proteção contra o novo coronavírus.

Fonte: minaspetro blog

Como zelar pela saúde do funcionário durante a pandemia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *