18/11/2021 – “Taxar as exportações do petróleo produzido no país para subsidiar um fundo de estabilização dos preços dos combustíveis é contraproducente“, uma falsa solução – opina Edson Silva, economista chefe da ES Petro. Assim está previsto em um Projeto de Lei do Deputado Federal Nereu Crispim (PSL-RS).

O propósito – reduzir o impacto do aumento de preços dos combustíveis para o consumidor – é louvável, mas, nesse caso, o “tiro vai sair pela culatra”. Silva acrescenta: “Há outras fontes, como royalties, Participação Especial e dividendos devidos pela Petrobras e pagos ao governo federal, além da receita auferida pela União com a Pré-Sal Petróleo S/A – PPSA”.

Isso é improdutivo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *