11/07/2016 – Ainda que a recessão continue castigando a economia, o mercado de combustíveis se mostra dinâmico mesmo no ambiente de crise. A arrecadação de ICMS assim comprova. Em maio passado, a receita total do Rio Grande do Sul com o tributo caiu 5%, relativamente a abril, mas sua incidência sobre os combustíveis, ao contrário, cresceu 18,4%, totalizando R$ 561,7 milhões. O arrecadado com o setor representou 22,4% da receita total do Rio Grande do Sul com o tributo. No acumulado dos cinco meses do ano em curso, a arrecadação total com o ICMS cresceu 13,2%, já a receita do tributo com os combustíveis aumentou 21,2%. Lembrando que, desde janeiro último, o Estado tem a segunda maior alíquota nacional, de 30%, paga pelos consumidores ao abastecerem seus veículos com gasolina, só superado pelo Rio de Janeiro, onde a alíquota é de 31%.

Cresce receita do ICMS com combustíveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *