22/01/2021 – O dólar saltou 2% ante o real nesta sexta-feira, na maior alta em quatro meses, impulsionado por ordens automáticas de compras após a moeda romper duas resistências técnicas, com ampla incerteza sobre o cenário doméstico diante do atraso na vacinação, dos efeitos econômicos da pandemia e de potenciais aumentos de gastos por causa da crise sanitária.

O ambiente externo mais arisco nesta sexta pesou contra o real, que caiu assim como boa parte de seus pares emergentes.

No ano, a moeda brasileira já é a de pior desempenho, depois de em 2020 despencar 22,70%, ficando entre as maiores quedas.

Fonte: Money Times

Real mantém padrão e amarga pior desempenho no mundo com temor sobre economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *